As quadras populares aqui colocadas foram recolhidas junto do povo, de pessoas que gostam de versos e os decoram facilmente.Como não há conhecimento acerca da autoria pressuponho que são todas de cariz popular e, portanto, de autor desconhecido; se assim não for, peço desculpa aos lesados e peço que mo comuniquem.Ocasionalmente colocarei algumas de autores conhecidos, que se enquadrem neste perfil popular e rústico. E como também eu tenho (modéstia à parte) algum jeito para quadras populares, publicarei algumas feitas por mim, devidamente assinadas.
Felipa Monteverde

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

A rosa que tu me deste

A rosa que tu me deste
Peguei-lhe, mudou de cor;
Tornou-se de azul-celeste
Como o céu do nosso amor.

(João de Deus)

2 comentários:

Maria Luiza disse...

Felipa, esse versinho ou quadrinha é verdadeiramente uma belezura! Quem é João de Deus? Pelo visto é poeta português? Aproveito para agradecer suas visitas tão carinhosas e que me fazem bem. Ãbraço bem gostosinho!

Felipa disse...

Maria Luiza, João de Deus é um poeta português do século 19, que muito aprecio. As suas poesias são simples mas lindas, rimadas com bom gosto. Ele elaborou também uma espécie de manual de aprendizagem de Português, chamado de "Cartilha Maternal", que durante muitos anos foi adotado e seguido pelos professores, em Portugal.
Estes dias trouxe da biblioteca um livro dele e descobri algumas quadras (trovas) que vou publicando aos pouquinhos. Ainda bem que gostou.
Obrigada pela visita, beijinho