As quadras populares aqui colocadas foram recolhidas junto do povo, de pessoas que gostam de versos e os decoram facilmente.Como não há conhecimento acerca da autoria pressuponho que são todas de cariz popular e, portanto, de autor desconhecido; se assim não for, peço desculpa aos lesados e peço que mo comuniquem.Ocasionalmente colocarei algumas de autores conhecidos, que se enquadrem neste perfil popular e rústico. E como também eu tenho (modéstia à parte) algum jeito para quadras populares, publicarei algumas feitas por mim, devidamente assinadas.
Felipa Monteverde

domingo, 25 de setembro de 2011

Desculpa se te ofendi

Desculpa se te ofendi
Esquece lá essa dor
Só me lembro nesta hora
Que tu és o meu amor.

(Popular)

14 comentários:

Rui Pascoal disse...

Desculpas para quê?
Quem ama perdoa…
“Finge” que não vê
Por muito que doa.

:)

✿ chica disse...

Muito linda tua trova!beijos,chica

Glória Maria - Fadinha disse...

Lindinha demais! Quem ama sempre perdoa, ainda bem. Beijos

Evanir disse...

Eu agradeço sua visita
A vida sempre une as pessoas no momento certo.
Que eu seja digna da sua amizade.
Nos momentos de aflição dividirmos nossas dores e pensamento
Que seu sonho e os meu sonhos seja abençoado por Deus.
Com nossa amizade e união possamos alcançar as estrelas.
De mãos dadas não terei medo da estrada a ser percorrida.
A minha fé iluminara nossos caminhos ,
E assim juntos seguirmos até onde existir vida.
Uma abençoada quarta feira .
Deus abençoe seu carinho.
Bjs no coração.
Evanir

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Felipamiga

Menina, onde tu chegaste...
a um testículo matreiro
ainda bem que o achaste
bem disposto e prazenteiro...

Nestas estórias com aviso
a Senhoras e a menores
há que ter muito juízo
pra não sermos pecadores

Qjs

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Rui, Chica; Fadinha, Evanir e outros mais que aqui vierem

Estas duas quadras vêm na sequência de um testículo com x que acabo de publicar na nossa Travessa e que NÃO É RECOMENDÁVEL para Senhoras e menores. Mas a Felipa, mesmo assim, foi lá e... comentou.

Apenas um excerto: ...Ela, muda, deixou-se levar, estendeu-se, e ele, posso pôr-lhe o instrumento, refiro-me ao termómetro, no sovaco? Nata desatou o nó do cinto do roupão, abriu-o um pouco, a camisa de noite não ocultava nada, quando ele se inclinou para lhe tirar a temperatura, os bicos dos peitos fugiam da prisão diáfana...

Repito: Brejeiro, iconoclasta, IMPRÓPRIO para Senhoras e menores


Obrigado, Felipamiga

Glória Maria - Fadinha disse...

Felipa, vim te dar um abraço. Beijos

ETERNA APAIXONADA disse...

Bom dia, minha querida amiga!
Saudades de vir tomar um cafezinho com você!
Ando meio distante de tudo... Mas espero recuperar fôlego para continuar...
Deixo meu abraço fraterno, votos de um Outubro tranquilo, r muitas saudades...
Beijos

Glória Maria - Fadinha disse...

Felipa querida, um lindo sábado! Muito azul. Carinhos

Nilson Barcelli disse...

Bela quadra popular.
Abraço.

Glória Maria - Fadinha disse...

"Eu não dou mão a rapaz
Nem que seja meu parente
Porque rapaz tem o defeito
De apertar a mão da gente."

Beijos e carinhos Felipa.

Uriel disse...

A paz seja contigo!
Venho deixar-lhe o meu abraço, com o desejo de que Javé lhe abençoe e lhe mantenha sob sua maravilhosa Graça durante toda a semana.
Que seu domingo seja abençoado!

http://www.youtube.com/watch?v=VPZLpgkgpkE

Blog Yehi Or!
http://hajalluz.blogspot.com/

Cléo disse...

que fofura de verso!!!!

vim fazer a pausa pro cafe aqui!!!!

bjocas azuissss

Joelma Benicio*´¯`*.¸¸.*´¯ disse...

Olá amiga, a paz de Cristo.

Vi lhe agradecer sua visita em meu blog e dizer que é sempre um grande prazer receber amigos.

Obrigada pelo carinho em me seguir, tbm já tô somando nos seus seguidores, poderemos a partir de agora celar uma bela amizade.

Que Deus lhe abençoe e Maria passe a frente de sua vida.
Um carinhoso beijo.