As quadras populares aqui colocadas foram recolhidas junto do povo, de pessoas que gostam de versos e os decoram facilmente.Como não há conhecimento acerca da autoria pressuponho que são todas de cariz popular e, portanto, de autor desconhecido; se assim não for, peço desculpa aos lesados e peço que mo comuniquem.Ocasionalmente colocarei algumas de autores conhecidos, que se enquadrem neste perfil popular e rústico. E como também eu tenho (modéstia à parte) algum jeito para quadras populares, publicarei algumas feitas por mim, devidamente assinadas.
Felipa Monteverde

domingo, 29 de janeiro de 2012

Foste sozinho à festa

Foste sozinho à festa
e eu fiquei a pensar
se a companhia não presta
ou se te estás a armar.

Felipa Monteverde

8 comentários:

✿ chica disse...

rsssssss...Bem bolada!!!beijos praianos,chica

Miguel Afonso disse...

Ir a festa e ir sozinho
pode ser bom ou ruim:
depende da cor do vinho
e de quem bebe sem mim.

Rui Pascoal disse...

Tu não me interpretes mal
Que eu sou todo timidez
Na próxima faz-me sinal
Que eu perco logo a gaguez

:)

Graça Sampaio disse...

Fui sozinho pr'a festa
Para ver se te encontrava
Se, triste, me procuravas
Ou se alguém te acompanhava...

Aaliyahrj disse...

Que lindos comentários, todos revelaram seu lado poeta!
Adorei!!!
Bjoks e ótima semana!

Jota Effe Esse disse...

Felipa, aqui vai mais uma pra juntares às tuas belas quadras.
Dizem que há outros mundos
Outros mundos por aí
Que me importa tudo isso
Se meu mundo é todo aqui?
Meu beijo pra você.

Orvalho do céu disse...

Oi Felipa,
Estou com endereço novo do meu blog, e convidando os seguidores novamente, pois perdi os que tinha.
Posso te esperar?
Bjos

http://poesia-espiritual.blogspot.com/

Nilson Barcelli disse...

Nunca recuso um confronto
Mete lá isso na testa
Chego tarde mas já pronto
Para entrar na tua festa

Felipa, querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.