As quadras populares aqui colocadas foram recolhidas junto do povo, de pessoas que gostam de versos e os decoram facilmente.Como não há conhecimento acerca da autoria pressuponho que são todas de cariz popular e, portanto, de autor desconhecido; se assim não for, peço desculpa aos lesados e peço que mo comuniquem.Ocasionalmente colocarei algumas de autores conhecidos, que se enquadrem neste perfil popular e rústico. E como também eu tenho (modéstia à parte) algum jeito para quadras populares, publicarei algumas feitas por mim, devidamente assinadas.
Felipa Monteverde

terça-feira, 13 de março de 2012

Fui à fonte pra te ver

Fui à fonte pra te ver
Ao rio pra te falar
Nem na fonte nem no rio
Nunca te pude encontrar.

(Popular)

2 comentários:

Rui Pascoal disse...

Trabalho aí já não há...
Fui para fora, emigrei
Hoje sinto-me um paxá...
Duvido se voltarei.

:)

✿ chica disse...

Linda trova e pena que ele se escondeu,rsrs beijos,tudo de bom!chica