As quadras populares aqui colocadas foram recolhidas junto do povo, de pessoas que gostam de versos e os decoram facilmente.Como não há conhecimento acerca da autoria pressuponho que são todas de cariz popular e, portanto, de autor desconhecido; se assim não for, peço desculpa aos lesados e peço que mo comuniquem.Ocasionalmente colocarei algumas de autores conhecidos, que se enquadrem neste perfil popular e rústico. E como também eu tenho (modéstia à parte) algum jeito para quadras populares, publicarei algumas feitas por mim, devidamente assinadas.
Felipa Monteverde

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Ó Lua que vais tão alto

Ó Lua que vais tão alto
Alumia cá pra baixo
Tenho o meu amor à espera
Às escuras não o acho.

4 comentários:

metamorfosear disse...

mas o perder pode ser o achar.

ETERNA APAIXONADA disse...

Passei para tomar um cafezinho...
Tenha uma ótima sexta e um fim de semana muito feliz!
Beijos

Cantor Tiago Castro disse...

Eu sei que tenho problemas com a ortografia mas sou honesto e não sou ganansiozo apenas gosto de viver bem e viajar e ser feliz e amar intensamente as molheres como tu minha boneca de porcelana.

Felipa disse...

Este comentário fez-me rir às gargalhadas!...