As quadras populares aqui colocadas foram recolhidas junto do povo, de pessoas que gostam de versos e os decoram facilmente.Como não há conhecimento acerca da autoria pressuponho que são todas de cariz popular e, portanto, de autor desconhecido; se assim não for, peço desculpa aos lesados e peço que mo comuniquem.Ocasionalmente colocarei algumas de autores conhecidos, que se enquadrem neste perfil popular e rústico. E como também eu tenho (modéstia à parte) algum jeito para quadras populares, publicarei algumas feitas por mim, devidamente assinadas.
Felipa Monteverde

quinta-feira, 21 de março de 2013

Vento do mar é mareiro


Vento do mar é mareiro
Faz andar o mar picado;
Faz andar o marinheiro
Pelo convés enjoado.

(Popular)

7 comentários:

elvira carvalho disse...

Não conhecia.Obrigada pela partilha.
Saudações poéticas neste dia de poesia.
Um abraço

Rui Pascoal disse...

O marinheiro e não só, eu que o diga...
:)

Graça Sampaio disse...

Ó mar alto! Ó mar alto!
Ó mar alto sem teres fundo!
Vale mais andar no mar alto
do que nas bocas do mundo...

Beijinhos

Ailime disse...

Olá Felipa, belíssima quadra popular alusiva ao mar e ao vento, elemmentos que tanto nos dizem! Um beijinho. Ailime

✿ chica disse...

Muito linda,Felipa! beijos,chica e ótimo domingo!

✿ chica disse...

Adorei,Felipa!!beijos,lindo dia e feliz em te ver ativa novamente por aqui!!chica

Malu Silva disse...

Um FELIZ ANO NOVO, repleto de grandes realizações. Muita PAZ, SAÚDE e SABEDORIA!!!
Um abraço!!!

Acho lindo o template do seu blog!!!