As quadras populares aqui colocadas foram recolhidas junto do povo, de pessoas que gostam de versos e os decoram facilmente.Como não há conhecimento acerca da autoria pressuponho que são todas de cariz popular e, portanto, de autor desconhecido; se assim não for, peço desculpa aos lesados e peço que mo comuniquem.Ocasionalmente colocarei algumas de autores conhecidos, que se enquadrem neste perfil popular e rústico. E como também eu tenho (modéstia à parte) algum jeito para quadras populares, publicarei algumas feitas por mim, devidamente assinadas.
Felipa Monteverde

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Não sei como te ganhei

Não sei como te ganhei
Meu querido, tanto amor;
Acredita que não há
No mundo, outro melhor.

8 comentários:

✿ chica disse...

Lindo e que bom que foi assim...beijos,chica

Maria Luiza disse...

Parece feitinha prá mim porque até hoje eu não acredito que Tony foi gostar de mim. Muito legal! Bjbjbj!!

Vivian disse...

Bom dia, Felipa!!

Linda quadrinha!!E muito romântica!!
Beijos!!

Nilson Barcelli disse...

Nunca sabemos bem a origem e o tamanho do amor...
Bela quadra, querida amiga.
Beijos.

Anabela Jardim disse...

Olá!
Vim te convidar para passear na casa da Vovó.
http://anabelanacasadavovo.blogspot.com/

Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana disse...

Obrigada pela visita e comentario.
Adoro quadras populares.
Beijinhos e bom domingo.

carol disse...

Muito bonita, esta quadra! Com a leveza e a alegria características das quadras populares.

E pelo Santo António, não há quadras populares aqui neste blog?!

Pois deixo aqui duas que escrevi lá nos meus "Picos":

Ó meu rico St.º António,
Meu santinho milagreiro,
Traz alegria p´ra gente
E também algum dinheiro!

Se lá do alto avistares
Este blogger com seus autores,
Diz-lhes que mandem de volta
Todos os meus seguidores.

Beijinhos