As quadras populares aqui colocadas foram recolhidas junto do povo, de pessoas que gostam de versos e os decoram facilmente.Como não há conhecimento acerca da autoria pressuponho que são todas de cariz popular e, portanto, de autor desconhecido; se assim não for, peço desculpa aos lesados e peço que mo comuniquem.Ocasionalmente colocarei algumas de autores conhecidos, que se enquadrem neste perfil popular e rústico. E como também eu tenho (modéstia à parte) algum jeito para quadras populares, publicarei algumas feitas por mim, devidamente assinadas.
Felipa Monteverde

sábado, 9 de julho de 2011

Desculpa se é um sonho

Desculpa se é um sonho
Se não passa de ilusão,
Mas eu creio que te trago
Dentro do meu coração.

3 comentários:

✿ chica disse...

Linda.Felipa! Tuas trovas são sempre assim!

Obrigado pelo carinho por lá,beijos,chica

Evanir disse...

Não me permito ficar sem fazer minhas visitas.
Como está quase impossivel para mim teclar
fasso tudo que consigo fazer nesse momento.
De uma forma ou de outra deixar meu carinho
e agradeço por Deus ainda me permitir
a isso.
E dentro de mim tenho certeza
nenhum amigo ou amiga
vai criticar por levar cola.
Mais entender minha fidelidade
e o amor que tenho por todos.
Minha alma e coração agradece
todo carinho que recebo.
Tenho certeza que aos poucos
ficarei bem pois não nasci assim.
Deus abençoe seu carinho comigo
e me resguarde para não deixar de vitar você.
Um feliz Domingo beijos no coração
amiga pra sempre,Evanir.
Etarei lendo sua postagem e
trazendo comigo como um balsamo
para o meu coração.

blog. da Tereza Maria disse...

Poucas palavras, cheias de carinho.
Muito agradável seu blog.
Beijo na alma
Saudações Poéticas!