As quadras populares aqui colocadas foram recolhidas junto do povo, de pessoas que gostam de versos e os decoram facilmente.Como não há conhecimento acerca da autoria pressuponho que são todas de cariz popular e, portanto, de autor desconhecido; se assim não for, peço desculpa aos lesados e peço que mo comuniquem.Ocasionalmente colocarei algumas de autores conhecidos, que se enquadrem neste perfil popular e rústico. E como também eu tenho (modéstia à parte) algum jeito para quadras populares, publicarei algumas feitas por mim, devidamente assinadas.
Felipa Monteverde

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Tens um jardim bem cuidado

Tens um jardim bem cuidado,
quem será o jardineiro?
Quem cuida desse teu cravo
nascido em belo craveiro?

Felipa Monteverde

8 comentários:

carol disse...

Ó meu craveiro encarnado
Encarnado carmesim
Estou por ti encantado
E tu nem olhas p’ra mim!


Beijinhos

Maria Luiza disse...

Felipa, cara amiga, como vai você? Eu estou com saudades depapear. Quadrinha charmosa!Que seja a sua semana muito abençoada!Bjbjbj

Liene disse...

Oi Felipa!

Que linda forma de preservar a cultura popular... Parabéns!

“…Se tens algo a pedir para Deus, que seja o amor, que é o instrumento divino de transformação verdadeira. Não tenha medo de amar, de recomeçar, de transformar, afinal de contas, tudo começa com um gesto, com uma atitude, com um desejo e eu desejo que você realmente seja feliz.”

Um abraço super carinhoso

Deus seja sempre a tua fortaleza!

Yehi Or

CRIS COM ARTE E MANHA disse...

Olá Felipa, passei para fazer uma visitinha, voltarei sempre.
beijos de paz.

Rui Pascoal disse...

Dizes que o meu jardim
Se encontra bem cuidado
Contigo junto de mim
Ficaria aprimorado

:)

Lucinha disse...

Felipa,

Que lindo versinho.
O povo amada de Portugal, já nasce com dom para a poesia. Lindo demais!

Sei que você está aproveitando a presença da família, e passei só pra deixar um abraço.

Beijos

✿ chica disse...

Vim te ver e deixo um beijo.Saudades!beijos,chica

Malu disse...

Felipa, vim agradecer tua visita e digo que todas as tuas páginas são lindas e através desta eu estarei passeando pelas outras...
Fico por aqui a beber um poema neste jardim.
Amo flores.
Abraços