As quadras populares aqui colocadas foram recolhidas junto do povo, de pessoas que gostam de versos e os decoram facilmente.Como não há conhecimento acerca da autoria pressuponho que são todas de cariz popular e, portanto, de autor desconhecido; se assim não for, peço desculpa aos lesados e peço que mo comuniquem.Ocasionalmente colocarei algumas de autores conhecidos, que se enquadrem neste perfil popular e rústico. E como também eu tenho (modéstia à parte) algum jeito para quadras populares, publicarei algumas feitas por mim, devidamente assinadas.
Felipa Monteverde

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Foste dizer ao meu pai

Foste dizer ao meu pai
que te querias casar,
mas meu pai já é casado
escusas de o importunar...

Felipa Monteverde

7 comentários:

✿ chica disse...

Muito legal!!! um lindo fds,beijos,chica

Maria Luiza disse...

Alô, querida amiga, tudo bem? A quadrinha é um encanto. Bjbjbj!!!

Miguel Afonso disse...

Hei-de dizer ao teu pai
o que não queres dizer:
qualquer dia o pano cai
e deixa de te esconder!

Felipa disse...

Miguel,

Hás-de dizer ao meu pai,
dizes tu com muita graça:
mas se um dia o pano cai
ficas nu no meio da praça!

Abraço

carol disse...

Não quero o teu pai
Quero-te antes a ti!
Que és a coisa qu'eu mas quero
A coisa mais linda qu'eu vi!

Glória Maria - Fadinha disse...

Quadrinhas são maravilhosas, eu e meus alunos nos divertíamos com elas, eles faziam muitas e liam para toda a turma. Muito bom. Boa semana. Bjs

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Felipamiga

Um casado, dois casados
e mais três são mesmo assim
E os teus olhos tão rasgados
que não se lembram de mim...

... pelo menos na Travessa...

Qjs